Em Camaçari, quase 23 mil crianças menores de cinco anos devem ser imunizadas contra a poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, durante a Campanha de Vacinação, que começa na próxima segunda-feira (15/06).

De acordo com a secretária da Saúde, Efigênia Cardoso, o Município está livre da doença há 20 anos, e o objetivo é manter os índices de erradicação da poliomielite. No Brasil, o último caso registrado ocorreu em 1989.

Mais de 670 profissionais estão envolvidos na campanha, que vai até o dia 6 de julho. A vacina pode ser encontrada em todas as unidades de saúde da sede e da orla, de segunda a sábado, das 8h às 17h.

Para imunizada as crianças, os pais ou responsáveis devem apresentar o cartão de vacina. Em caso de perda do documento, outro será entregue no ato da imunização.

Além da Sabin, que protege contra a poliomielite, também estarão disponíveis nos postos de saúde, vacinas contra sarampo, rubéola, tétano, difteria, hepatite B, febre amarela e rotavírus.

O Dia de Mobilização Nacional, marcado para 20 de junho, vai ganhar um importante reforço, com a disponibilização das vacinas também em algumas unidades escolares do Município.

POLIOMIELITE

A Poliomielite, geralmente chamada de pólio, é uma infecção altamente contagiosa causada pelo poliovirus que ataca as células do cérebro e da espinha dorsal, particularmente as que controlam os músculos dos movimentos voluntários, como caminhar.

A destruição dos neurônios causa paralisia permanente em um a cada 200 casos. A infecção é transmitida por contato direto com o vírus eliminado pela garganta ou pelas fezes.