O artista Eduardo Moody promoverá, nesta quarta-feira (12), em alguns horários específicos, visitas guiadas para crianças participantes do projeto “Tamarzinho” e alunos da capoeira do Mestre Kiko Macaco. Em suas visitas guiadas, Moody discorre sobre fotografia, sensibilidade visual e processos compositivos das obras em exibição.

Segundo Eduardo Moody, eventos como este, voltados para fomentar a arte e a cultura entre os mais jovens, são importantes para a promoção da cidadania. “Ao trabalhar com arte, precisamos também ter um espaço plural para conversas e intercâmbio de experiências, que possam relacionar os temas das fotos com nossas vidas, ainda mais para jovens que vivem numa comunidade que ainda tem a pesca artesanal como importante significado em suas vidas.”

Até agora, inúmeras visitas guiadas já foram realizadas para estudantes. De acordo com o artista, todas as crianças da Creche Escola Finn Larsen participaram de visitas guiadas (420 crianças) e houve um encontro específico para alunos surdos da Escola AESOS – Associação Educacional Sons do Silêncio – com a participação de Intérprete de Libras (30 estudantes surdos). A exposição ainda conta com a participação de duas jovens monitoras – Crislane e Fernanda –, estudantes do Colégio Estadual Alaor Coutinho e residentes do entorno de Praia do Forte.

A exposição Sal, suor & labor, lançada dia 25 de fevereiro, entra em sua terceira semana de exibição na Creche Escola Finn Larsen, em Praia do Forte. Sem fins lucrativos, a exposição é aberta ao público e funciona de terça a domingo, das 09 às 17h.

Instagram: @fotografiaseduardomoody

 

Serviço

Exposição: “Sal, suor & labor”

Onde: Creche-Escola Finn Larsen, Alameda da Lua, s/n, Praia do Forte

Quando: De 25 de janeiro a 22 de fevereiro, de terça a domingo, das 09 às 17 horas

Quanto: Entrada gratuita