Na terceira edição da Feira da Agricultura Familiar de Mata de São João (Agrifam), cerca de 850 agricultores do município receberam o Kit Salvação da Lavoura. O Programa distribui anualmente sementes, insumos e ferramentas para ajudar na produção. A feira aconteceu neste final de semana (14 e 15) e reuniu cerca de 3 mil pessoas, que interagiram com diversos segmentos agrícolas e tiveram acessos a serviços médicos, sociais e de documentação.

 Além da entrega dos Kits Salvação da Lavoura, os agricultores familiares de Mata de São João receberem 70 mil alevinos (peixes recém nascidos) e as associações de produtores assinaram o termo de recebimentos do Kit Coletivo, que contempla as entidades representativas com computadores e material de escritório. O evento é uma realização da Prefeitura de Mata de São João, através da Secretaria de Agricultura e Pesca (Seagri)

 De acordo com a secretária da pasta Adriana Nunes, as famílias contempladas com o Kit Salvação da Lavoura fazem parte de um cadastro da secretaria, que é atualizado anualmente. “O cadastro não tem um mês determinado, é um trabalho permanente, de visitas técnicas e avaliações das famílias, e é atualizado automaticamente.”, explica a secretária de Agricultura e Pesca.

 A entrega do Kit Salvação da Lavoura acontece há 15 anos e é promovida com recursos próprios da Prefeitura. “Este kit é de extrema importância, porque nossos agricultores familiares produzem para subsistência e para comercialização dentro do próprio município. São entregues geralmente em março, porque é quando começam as plantações de culturas importantes, como as do milho, do amendoim e do feijão”, detalha Adriana Nunes

 “Essa material nos ajuda bastante. Principalmente pra mim, que faço mudinhas para alimentar minha família e vender uma parte do que produzo”, celebra Seu Ferreira, agricultor da comunidade do Barreiro, no Litoral. “Sem o kit seria mais difícil, porque é mais difícil adquirir sementes”, conta o produtor, que planta culturas como milho, aipim e abóbora.