Após 48 dias sem nenhuma morte em Mata de São João, as autoridades de segurança pública registraram o primeiro homicídio em 2020. O crime foi registrado por volta do meio dia, na Rua Rio Grande do Norte, no centro da cidade. 
 
A vítima é José Raimundo Jesus de Lima. Ele foi executado com disparos na região da cabeça. 
 
Uma ambulância do Samu foi acionada para o local, mas a vítima foi encontrada sem os sinais vitais. 
 
De acordo com informações preliminares, o autor do crime estaria numa bicicleta no momento da ação criminosa. 
 
“Estava em casa almoçando quando ouvi quatro ‘pipocos’. Sai na porta de casa e fiquei sem saber o que era”, disse um homem que mora numa rua próximo ao local do crime.
 
Rua Rio Grande do Norte precisou ser fechada.
 
De acordo com o setor de investigação da 36ª delegacia territorial de Mata de São João, que apura autoria e motivação do crime, José Raimundo é ex-detento. Ele foi preso por arrombamento de uma creche municipal e por tentativa de estupro.