Um homem foi preso ontem (18), no Rio de Janeiro, após tentar vender um celular ao próprio dono do aparelho, que tinha sido furtado dias antes. Cristian Adrian Medrano foi capturado quando negociava a venda do telefone em Copacabana, na Zona Sul do Rio. A informação é do jornal Extra.

O dono original do aparelho registrou a ocorrência do furto no último domingo e acionou o modo “perdido”, no qual é enviada uma mensagem para o dispositivo com um telefone de contato.

Ele forneceu o número de um amigo que estava com ele, e pouco depois, começaram a chegar mensagens de um homem dizendo estar com o telefone furtado. O sujeito afirmou que trabalhava consertando celulares e havia comprado o telefone da vítima. Ao ligá-lo, ele viu a mensagem com a informação de que o celular estava perdido.

Cristian chegou a cobrar ao dono a quantia de R$ 500 ao dono. O celular, no entanto, é avaliado em R$ 3 mil.

A vítima marcou com Cristian um encontro em Copacabana e acionou a polícia. O homem que tentava vender o celular foi abordado pelos policiais ao mostrar o aparelho para a vítima. Cristian foi autuado em flagrante pelo crime de receptação.