Após romper com o governo e apresentar a intenção de ser pré-candidata pelo PSD, a vice-prefeita, Lulu, desistiu da união com a ex-prefeita Márcia Dias (PP) e manteve a filiação no PSDB. A informação foi confirmada pelo líder do governo Bira da Barraca (DEM).
Lulu disputará uma vaga na Câmara Municipal. Seu irmão, Agnaldo Cardoso, se manteve no DEM. Ele não disputará reeleição para vereador.
Os vereadores Pastor Sandro e Beto do Amado Bahia seguiram o caminho dos Cardosos e retornaram para o grupo Marcelo Oliveira/João Gualberto. Sandro se filiou no DEM, já Beto migrou para o PSDB.
O rompimento de Pastor Sandro, Agnaldo e Beto esvaziou o PSD do vereador Sérgio Bogoió, que terá dificuldades para se reeleger.

União natimorta 

Na terça-feira (14), a pré-candidata do PP, Márcia Dias, havia anunciado como presente para Mata de São João, em alusão aos 174 anos de emancipação política, a união com Lulu numa mensagem publicada em suas redes sociais. A vice-prefeita não reproduziu a publicação em suas redes, e na tarde desta quarta, publicou um card parabenizando a cidade sem citar a ex-prefeita.
Nos bastidores, aliados de Dias ligaram um por não terem visto retribuição por parte de Lulu.