Nas próximas semanas, os brasileiros podem voltar gradativamente a ter uma vida normal em meio ao surto do novo coronavírus. Ao menos este é o plano do Ministério da Saúde, que prevê a flexibilização do isolamento social logo após a Páscoa, no próximo dia 12 (domingo).

A mudança na orientação sai do molde de isomento atual para o chamado restrito, que tem como foco os idosos e grupos de risco.

A reabertura, contudo, será feita por regiões, que precisarão atender a alguns critérios, como o número suficiente de leitos de UTI’s e respiradores, além de equipamentos de proteção como luvas, máscaras e testes rápidos para detecção da Covid-19.

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o plano prevê que as escolas permaneçam fechadas até o fim de abril, com possibilidade de prorrogar até maio.