Sábado, 21 de Maio de 2022
(71) 98327-6207
Dólar comercial R$ 4,88 0%
Euro R$ 5,15 0%
Peso Argentino R$ 0,04 -0.011%
Bitcoin R$ 152.355,74 +0.634%
Bovespa 108.487,88 pontos +1.39%
Economia Desemprego

Bahia lidera ranking de desemprego do país no primeiro trimestre de 2022

Estado apresentou índice com cerca de 6 pontos percentuais acima da média nacional

13/05/2022 14h47
Por: Redação Fonte: metro1
Bahia lidera ranking de desemprego do país no primeiro trimestre de 2022

A Bahia registrou o maior índice de desocupação do país nos três primeiros meses de 2022. Com 17,3%, o estado ficou acima da média nacional, que registrou o índice 11,1% no mesmo período. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (13). 

Entre janeiro e março de 2022, a Bahia somava 1,250 milhão de pessoas procurando trabalho (desocupadas ou desempregadas). Apesar de registrar o maior índice do país, a desocupação no estado foi a menor já registrada em um primeiro trimestre desde 2016, quando o estado registrou 15,7%. Com relação ao quarto trimestre de 2021, a Bahia se manteve estável, com uma diferença de 0,3 ponto percentual. 

Houve estabilidade no índice nacional e em 26 das 27 unidades federativas do país. O único estado que registrou queda no país, foi o Amapá, que recuou 3,3 pontos percentuais, passando de 17,5% no quarto trimestre de 2021 para 14,2% no primeiro trimestre deste ano.

Acompanham a Bahia no ranking de desemprego, os estados de Pernanbuco, com 17,0%, e do Rio de Janeiro, com 14,9%. Segundo o IBGE, a região do Nordeste (14,9%) se manteve com o maior índice ao longo de todos os trimestres analisados. Já o Sul apresentou o menor índice 6,5%.

O rendimento médio real do trabalhador no país foi de R$ 2.548 no no período. A média representa um crescimento de 1,5% em relação ao último trimestre de 2021. Já no Nordeste, a média foi de R$ 1.985.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.