Sábado, 31 de Julho de 2021
(71) 99921-1917
Educação Voltas aulas

Tranquilidade marca volta às aulas híbridas na rede particular de Camaçari

Nós tivemos que nos adaptar a um novo método que foi o on-line e a volta às aulas presenciais

19/07/2021 16h05
Por: Redação Fonte: Dicom PMC
Tranquilidade marca volta às aulas híbridas na rede particular de Camaçari

Na manhã desta segunda-feira (19/7), estudantes, professores e demais colaboradores que integram a comunidade escolar da rede particular de ensino de Camaçari participaram de um novo momento com o retorno das aulas semipresenciais. Ao chegar no Centro Educacional Miguel Alves (CEMA), na sede do município, os alunos tiveram a temperatura aferida, higienizaram as mãos com álcool em gel, em seguida foram direcionados para as salas de aula e orientados a manterem o distanciamento social. Essa é a primeira vez que as escolas reabrem desde o início da pandemia do novo coronavírus no país.

Na torcida pela adaptação dos filhos em um novo ambiente escolar e ao cenário considerado como “novo normal”, a mãe Eugênia Carvalho, compartilhou a sensação de ver seus dois filhos do 9º e 7º ano respectivamente de volta à escola. “Estou na expectativa de que dê tudo certo. Tenho dois filhos e está sendo difícil, principalmente para a minha filha, pois ela é aluna nova e veio de São Paulo. Mas, vejo todo o cuidado e a receptividade. Desta forma conseguiremos passar por essa fase”, comentou.

Entusiasmada com a oportunidade de frequentar novamente a escola, a aluna do 2º ano do Ensino Médio, Luara Cavalcanti, 15 anos, afirmou que para ela poder voltar é como receber uma injeção de ânimo. “Nós tivemos que nos adaptar a um novo método que foi o on-line e a volta às aulas presenciais, querendo ou não, vai reanimar mais, mesmo não podendo abraçar e entrar em um contato mais profundo com os amigos. Hoje eu posso estar rodeada das pessoas que eu gosto, de um ambiente sadio, com pessoas que tem uma energia boa. Na minha opinião, isso influencia muito nas notas, no conhecimento e no processo de aprendizagem”, expressou.

Com intuito de verificar o cumprimento do Protocolo Sanitário para Ambientes Escolares nas escolas instaladas na sede e costa do município, a secretária da Educação (Seduc), Neurilene Martins, fez questão de acompanhar esse processo de perto. “É um dia de muita alegria. O mundo inteiro pede as escolas abertas para receber as crianças em regime semipresencial e aqui em Camaçari não é diferente. Isso significa que nos próximos dias, a partir das próprias experiências das escolas da rede privada que vão dando à luz a nossa caminhada, nós estaremos também com a nossa rede de escolas municipais também iniciando essa trajetória de acolhimento, de cuidado pela vida através da educação”, declarou.

Maria Eduarda Macêdo, também é estudante do 2º ano do Ensino Médio, aprovou a receptividade do Centro Educacional e dividiu as suas expectativas. “Espero adquirir mais aprendizado, pois como estávamos assistindo aula on-line, acaba sendo um pouco mais complicado. Gostei da recepção da escola, teve até música. É tão bom reencontrar as pessoas depois de um ano tão difícil”.

A coordenadora do Ensino Médio do Cema, Marli Gomes, destacou como foi o processo de adaptação da unidade para receber os alunos. “Não foi algo fácil! O nosso maior desafio foi preparar as famílias e passar a segurança necessária para que os meninos voltassem para a escola com todos os cuidados necessários. Muitas famílias ficaram receosas por conta desse retorno”. A gestora ainda acrescentou, “Nós tivemos que mexer em tudo. Então, sabemos que não vai ser fácil. Vamos ter que nos reeducar para esse novo momento”.

Na oportunidade, o professor de matemática da unidade, Danilo Cerqueira, reforçou a importância de respeitar os protocolos sanitários. “Esse é um período de teste. Então, é um cenário novo para os meninos, para os pais, para os professores e colaboradores. Devemos seguir os protocolos como o uso do álcool em gel adequado, que é o de 70%, e o distanciamento social. Acredito que é possível retornar com responsabilidade”, pontuou. Atualmente, o Centro Educacional Miguel Alves possui aproximadamente 800 estudantes matriculados entre as modalidades da educação infantil e do ensino médio.

A diretora executiva da escola Villa Global Education no distrito de Abrantes, Viviane Brito, falou sobre a experiência de adequar a escola para esse novo momento. “Falar sobre a preparação da nossa unidade é um prazer, especialmente no dia de hoje, onde nós iniciamos as atividades letivas presenciais de verdade. Então, eu me dividiria em duas dimensões. A primeira é a estrutura física e depois o acolhimento aos alunos, os colaboradores e das famílias. Com relação à estrutura física, nós temos o prédio absolutamente adaptado para o novo normal, não só do ponto de vista dos acessos, mas também dos lavatórios que facilitam a higienização das mãos”, pontuou

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Camaçari - BA
Mata de São João - BA
Atualizado às 08h21 - Fonte: Climatempo
24°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 28°

24° Sensação
15.7 km/h Vento
85.9% Umidade do ar
80% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (01/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Segunda (02/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva