Quarta, 22 de Setembro de 2021
(71) 99921-1917
Geral CRIE

CRIE retoma atendimento presencial

Atende a 140 alunos de segunda a sexta-feira

08/09/2021 17h00
Por: Redação Fonte: Dicom Pmc
CRIE retoma atendimento presencial

Para garantir a permanência de estudantes com necessidades educacionais especiais na Rede Pública Municipal de Ensino, a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Educação (Seduc) também retomou as aulas presenciais no Centro de Referência à Inclusão Escolar (CRIE).

O espaço, localizado no centro da cidade, atende a 140 alunos de segunda a sexta-feira, nos turnos matutino e vespertino, sendo o atendimento realizado no contraturno escolar ao qual a criança foi matriculada, ou seja, se o estudante é matriculado pela manhã na escola regular, ela faz o atendimento pela tarde no CRIE, conforme as especificidades. Para tanto, já existe uma lista de espera, e segundo a coordenadora pedagógica do Centro, Sandra Patrícia Ribeiro, após avaliação é possível que esse número aumente.

Ainda de acordo com a coordenadora, o centro trabalha com atendimento educacional especializado, por meio de arte e educação, psicologia, psicopedagogia, psicomotricidade e libras, na perspectiva de aquisição de línguas de sinais.“O momento de retomada é desafiador, quando todos os setores da sociedade precisaram ressignificar o seu trabalho. O CRIE, do mesmo modo, precisou redefinir. Tivemos o período de atendimento remoto, mas agora retomamos o atendimento presencial”, informou Sandra ao acrescentar que no primeiro momento foram realizados o acolhimento e a orientação às famílias, garantindo todos os protocolos sanitários para preservar a segurança de todos, principalmente das crianças que precisam do auxílio diferenciado.

Feliz com a retomada das atividades, a moradora do Parque Verde II, Tacélia Castro, aprovou as medidas adotadas, os cuidados com as famílias e com os estudantes e falou da importância do atendimento para o desenvolvimento deste público específico. “É muito importante esse retorno, principalmente para as crianças com autismo, que levam um tempo maior para aprender. Então essa ajuda dos profissionais é fundamental, pois auxilia na fala, na coordenação e na evolução deles enquanto pessoa, já que ficar em casa de forma ociosa descontrói até o que já foi aprendido”, explicou a mãe do pequeno Aquiles Miguel, de 5 anos.

O encaminhamento ao CRIE é feito por meio das unidades escolares, quando os educadores percebem a necessidade do atendimento através da educação complementar para as crianças, público-alvo, da educação especial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.