Computadores, celulares e demais dispositivos móveis foram apreendidos na manhã desta quarta-feira, 24, na região oeste da Bahia e no estado de São Paulo, com o objetivo de identificar os autores de ações caluniosas contra juízes e desembargadores baianos.

A operação, realizada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), cumpriu quatro mandados de busca e apreensão em uma casa e um escritório do município de Barreiras, uma residência em Formosa do Rio Preto e uma editora na capital paulista.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), as investigações tiveram início após denúncias de magistrados baianos sobre uma publicação falsa em uma revista. 

O diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, disse que “o material será analisado pelo Departamento de Policia Técnica para avaliar se houve ou não participação de suspeitos na produção da publicação”.