As escolas da rede municipal estão paradas desde a suspensão das aulas, em março, por tempo indeterminado, em consequência da pandemia do novo coronavírus. Como forma de diminuir os impactos na vida estudantil dessas crianças e jovens, a prefeitura de Mata de São João, por meio da secretaria municipal de educação publicou nesta segunda-feira (11), um decreto que determina medidas para a retomada dos estudos.

O documento estabelece que, excepcionalmente por conta das medidas de prevenção à Covid 19, o ensino remoto valerá como dia letivo para Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, bem como, a Educação de Jovens e Adultos. Para o Secretario de Educação, Alex Carvalho, “é necessário esforço para minimizar possíveis perdas dos alunos em razão da suspensão de aulas presenciais”, pontua.

As atividades pedagógicas presenciais serão substituídas por aulas não presenciais, atividades remotas, que utilizem diversos recursos didáticos, meios e tecnologias de informação e comunicação, definidos pela Equipe Escolar em consonância com a Secretaria Municipal de Educação.

Na organização das atividades não presenciais, as Unidades Escolares devem adotar recursos tecnológicos, ambientes informacionais e virtuais de ensino e aprendizagem, redes sociais, bem como a Plataforma Virtual, que será disponibilizada pela Secretaria Municipal de Educação. Podem ser considerados materiais didáticos e/ou orientações na forma impressa para dirigir a aprendizagem de estudantes que porventura não possuam acesso à plataforma virtual.

Cada Unidade Escolar deverá elaborar seu Plano de Trabalho Remoto, para a continuidade das atividades escolares, que por sua vez, deverá ser divulgado a toda a comunidade escolar, com efeito imediato, respeitando a Base Nacional Comum Curricular, o Referencial Curricular Municipal, priorizando as metas curriculares e definindo os objetivos a serem alcançados, em consonância com o Projeto Político Pedagógico (PPP).

As Unidades Escolares deverão criar estratégias, cronogramas e meios de comunicação, para que as atividades realizadas pelo estudante, por meio da Plataforma Virtual, cheguem ao conhecimento do Professor/ou entregues no retorno das aulas presenciais.