Um dos maiores sucessos do momento são os vídeos ao vivo, mais conhecidos como lives. Durante o isolamento social causado por conta do coronavírus, os artistas estão utilizando as plataformas digitais para fazer seus shows.
Dentro dessa perspectiva, um grupo de amigos em Mata de São João, que faz parte do cenário cultural da cidade,  se reuniu e idealizou o “Músicos em Cena”, um projeto que irá contemplar os artistas da cidade. O publicitário José Neto, a jornalista Telma Chaves, o músico Allan Brasil e a turismóloga Aydil Longo buscaram, por meio desse projeto, criar uma forma de ajudar os músicos da cidade, que em meio à pandemia, estão sem trabalhar.
Segundo Aydil Longo, as lives vão dar um movimento e mais alegria à cidade. Ela diz que os artistas matenses estão empolgados e adoraram a ideia do projeto. A iniciativa vai estrear no dia 12 de maio às 20h e será transmitido pelo canal do YouTube “Músicos em Cena”.
“A ideia surgiu por dois motivos: primeiro, para levar um pouco de alegria às pessoas e depois, para ajudar nossos artistas. Criamos o movimento convidando os artistas a participar das lives, eles toparam e a gente está tocando o projeto”, explicou José Neto, um dos criadores da ação. De acordo com o músico Allan Brasil, “neste momento de aflição, é imprescindível levar música para as famílias, além disso, é uma forma de valorizar o artista local”, ponderou. Ao todo, 45 bandas da Sede e do Litoral irão se apresentar.
A cada apresentação, terá na tela um QRcode para que os fãs e amigos possam fazer doações. A doação de cada artista será direcionada às suas contas bancárias. “Além dessa possibilidade, nós estamos procurando apoio com empresários para que eles também possam fazer doações”, contou a jornalista Telma Chaves
José e Telma farão as apresentações das lives de suas próprias casas. “Estamos respeitando todas as orientações da Organização Mundial da Saúde, distanciamento e higienização estão sendo uma prioridade”, lembrou Chaves. De acordo com os organizadores, os dois ambientes de shows terão o mínimo possível de pessoas, não será permitida a entrada de alimentos e não terá público. Serão apenas três artistas por banda, usando máscaras e higienizando as mãos com água e sabão e álcool em gel.