Segurança dos usuários e fluidez do tráfego. É com esse objetivo que a Concessionária Bahia Norte está investindo em novas tecnologias de monitoramento e gestão nas rodovias que integram o Sistema BA-093 e interligam diversos municípios da Região Metropolitana, como Mata de São João, Pojuca, Dias D´Avila, Camaçari, Simões Filho, Lauro de Freitas, Candeias e Salvador.

 Como parte da iniciativa, a concessionária aposta na implantação de QR codes nas mais de 3 mil placas de sinalização vertical presentes nas rodovias do Sistema BA-093. O objetivo é auxiliar o trabalho de avaliação das condições desses dispositivos permitindo identificar de forma mais rápida necessidades de substituições, correções ou ajustes, para orientar os usuários e contribuir com sua segurança.     

 Entre as informações disponibilizadas pelos QR codes estão dimensões como altura, que possibilita avaliar se a placa está posicionada no campo de visão dos condutores, índice de retrorrefletividade e localização com coordenadas georreferenciadas.

 Constante inovação – a segurança e monitoramento das vias são reforçadas com o uso de scanners e drones, equipamentos que realizam as medições de forma rápida, instantânea, precisa e confiável. Enquanto o drone é utilizado no monitoramento das encostas ao longo das rodovias, o scanner atua na avaliação das condições do pavimento. Composto por uma barra com sensores à laser que circula em todas as faixas de rolamento, o scanner é acoplado a um carro e analisa irregularidades como buracos, trincas, afundamentos e ondulações.

 “Essas tecnologias proporcionam informações mais precisas, em um tempo de execução muito menor que dos procedimentos convencionais, acarretando, assim, numa maior produtividade e eficiência. Os métodos aplicados também garantem a fluidez do tráfego nas rodovias da Concessionária, visto que não existe a necessidade do fechamento das faixas de rolamento. Deste modo, garantimos, também, a integridade dos usuários e dos operadores durante a realização dos serviços”, relata Wagner Magalhães, gerente de engenharia da Concessionária Bahia Norte.

 Ele explica que, após a conclusão das análises de campo, a equipe de engenharia da Concessionária avalia as informações obtidas e gera os relatórios de monitoramento. “Com esses documentos é possível identificar, de forma rápida e confiável, os pontos críticos ao longo das rodovias e, com isso, adotar medidas mais assertivas para a manutenção das vias, aumentando ainda mais o conforto e segurança dos usuários”, conclui.