Três homens tentaram invadir e assaltar o Asilo São Lázaro neste sábado, 8. A instituição, localizada na avenida Aliomar Baleeiro, no Jardim Nova Esperança,  já foi assaltado no dia 24 de março, quando mais de 300 kg de alimentos foram roubados.

O caso aconteceu por volta das 19h. Enquanto um dos homens entrou no local, os outros dois ficaram do lado de fora tentando cerrar uma das grade da instituição.

“Não esperava passar por isso outra vez, mas graças a Deus que não ouve nenhum dano. Tivemos muita sorte da primeira vez porque muita gente nos ajudou”, comenta a coordenadora do asilo, Maria de Fátima dos Santos.

Segundo cuidadoras do asilo, no momento da invasão uma das funcionárias percebeu a movimentação e começou a gritar, acionando o alarme.

Os assaltantes, vestidos com capa preta, esteriam tentando levar uma televisão do local, mas teve que abandonar o objeto quando tocaram o alarme. De acordo com a Polícia Militar da Bahia (PMBA), os suspeitos, não identificados, fugiram com a chegada dos policiais.

Ajuda

Segundo Maria de Fátima, o asilo precisa de segurança, mas não tem condições financeiras para arcar com os custos. Para isso ela pede ajuda da população para conseguirem câmeras, além de seguranças voluntários.

“Se puderem nos ajudar com câmeras ficaremos eternamente gratos. Da mesma forma, se alguns seguranças se sentirem sensibilizados e se predispôr a nos ajudar, de forma voluntária, tenho a certeza que essas investidas irão diminuir, ou acabar”.

O Asilo São Lázaro abriga 71 idosos, a maioria estavam em situação de rua e não possuem familiares.